E viveram felizes para sempre?

24 set

Neste sábado ouvi uma palestra interessante acerca do casamento, e fazia uma ilustração utilizando os contos de fada,  Cinderela, Branca de Neve, Rapunzel, etc. O final destas histórias é muito parecido, sempre acaba com o Príncipe salvando a Princesa, eles se casam e, vivem felizes para sempre.

 

Eu já vinha refletindo muito sobre isto, até que ontem, assisti um programa que me deixou um pouco preocupada. Chama-se: “Recém-casados, recém-brigados”. É uma espécie de reality show, em que as pessoas não conseguem resolver seus problemas sozinhas e pedem ajuda de um programa de televisão para auxiliá-las e, neste caso o casal recebe a ajuda de um profissional especializado em casamentos. No primeiro momento, o marido e a esposa falam sobre as atitudes que o outro tem e que os desagradam e, fazem filmagens (às escondidas) do conjugê tendo aquela atitude. As reclamaçãoes são as mais variadas: marido que ronca, esposa bagunceira, marido briguento, esposa autoritária, marido pão-duro, etc. O comentário de um marido me deixou ainda mais estarrecida: “Se minha esposa acordasse todos os dias com esse cabelo e com esse humor seria fácil permanecer casado com ela.”.

                             

Foi nesse ponto que me veio à mente as histórias dos contos de fadas. Fiquei pensando na Rapunzel, com aquela longa cabeleira. Na história ela estava sempre com um belo penteado mas, imagino que, para dormir ela tivesse que soltar o cabelo. Qual terá sido a reação do Príncipe ao acordar pela manhã e ver sua querida com o cabelo todo desgrenhado? E qual não foi o susto do Principe da Branca de Neve quando sua linda princesa começou a engordar, de tanto comer maçãs. O que eu quero dizer é que, ao contrário dos Contos de Fada, nossa história não termina com o casamento e um “Felizes para Sempre”.

 

A esposa autoritária provavelmente já soubesse que seu marido roncava, antes de se casarem, então porque isso tomou proporções tão grandes e se tornou um problema tão terrível a ponto dela se desinteressar completamente e chegar a pensar em divórcio pouco tempo depois do casamento? E será que o marido briguento realmente achou que o cabelo de sua esposa estaria sempre impecável, até mesmo pela manhã, ao acordar?

 

Às vezes estamos tão preocupadas em realizar o casamento perfeito e, esquecemos de construir alicerces firmes que façam do nosso casamento mais do que um evento impecável. Ficamos tão envolvidas e absortas com os preparativos e, acabamos esquecendo o principal, o relacionamento. O casamento exige adaptação, concessões, dedicação. Não existe fórmula mágica, é necessário tempo, disposição e, acima de tudo, muito amor. E, não precisamos esperar até o 1° dia de casadas para começar a construir isso, estamos a um passo do altar, porque não começar a treinar desde já?

 

Nos últimos dias eu vinha brigando muito com meu noivo, por questões do casamento, alguns pontos em que não concordamos, enfim, percebi que este, estava se tornando nosso único assunto e, o principal motivo de discórdia. Foi justamente isso que me fez refletir, pois não quero que meu casamento e meu relacionamento limite-se a um evento. Resolvemos ficar um final de semana sem falar sobre esse assunto e, confesso que estou preocupada, acho que não consigo, rsrs… é muito tempo, e são tantos preparativos e, um final de semana a menos…(essas foram minhas desculpas), mas agora eu vejo que não será um final de semana a menos, será um final de semana em que poderemos conversar sobre outros assuntos, compartilhar, nos conhecer melhor e, colocar mais um tijolinho no nosso alicerce, para que depois que casarmos, quando estivermos dormindo e ele roncar, eu consiga amá-lo da mesma maneira e, que ele, ao me ver pela manhã com o cabelo bagunçado, também me ame com a mesma intensidade. E realmente vivamos, felizes para sempre!!!

                             

Anúncios

18 Respostas to “E viveram felizes para sempre?”

  1. Thaíssa 24/09/2008 às 14:05 #

    Pois é, muitas pessoas se casam imaginando viver um conto de fadas, mas casamento não é isso.Um casal precisa aprender a conviver com as diferenças, a conversar para resolver problemas, e o principal, resolver os problemas juntos.Bjs

  2. Aline - BA 24/09/2008 às 14:21 #

    Oi. Adorei a visita!! Bom saber que sou normal. rsss. bjos.

  3. lilian 24/09/2008 às 16:39 #

    Sei bem o que é isso. Não tenho outro assunto que não seja casamento. Impresionante como a gente muda…..
    Não tenho sonho de viver um conto de fadas, mas sim de viver em paz com meu amor, de construir uma família alicerçada no amor, no RESPEITO, na união… enfim… são sentimentos que deverão estar presentes sempre.
    beijos

  4. Fábio Santos 24/09/2008 às 17:06 #

    Quando há duas pessoas diferentes convivendo juntas, devem-se estabelecer respeito e compreenção, pois todos nós estamos aptos á sermos felizes… e pode acreditar que para sempre.

    http://fabiosantos.wordpress.com

  5. NÃO SOMOS APENAS ROSTINHOS... 24/09/2008 às 18:06 #

    Acabamos de fazer um post bem divertido sobre lembrancinhas de casamentos… vá lá nos visitar?
    Beijocas,

  6. Denise 24/09/2008 às 18:07 #

    Oi Livia, somos muito românticas né, e pelo menos eu vou sentir muita falta dessa fase porque a expectativa é muito grande e não adianta que nossos amados sapinhos não vão se transformar em principes… e nós não somos princesas…rsrsrsrs. Mas o importante é curtir essa fase deliciosa e após o casamento dedicar-se ao companheiro com muita sinceridade claro sem esquecer dos nossos objetivos… obrigada pela sua visita no meu blog!!!! Beijos!!!

  7. Priscilla 25/09/2008 às 2:20 #

    Oi! Obrigada pela visitinha no meu blog. Primeiramente gostei muito do seu blog e vou te adicionar, ok? e quanto a recepção sim é o bolo com champanhe, optamos por não fazer festa e economizar ao máximo mas também não quero que passe em branco, já fiz um post sobre o bolo com champanhe, não sei exatamente como vai ser, nunca fui a um casamento assim, mas tenho esperança de encontrar um bom decorador que me ajude nisso, rs! Pensei em não colocar mesas pois acho que mesa chama festa! Não sei… posso estar enganada, mas vou buscar profissionais para me ajudar. Bjinhus!

  8. Priscilla 25/09/2008 às 2:26 #

    Ah! esqueci! quanto aos sofás e puffs… sim! eles são alugados, existem empresas especializadas em aluguéis de mobilhas para eventos, só não sei quanto me custará isso! rs!

  9. Thais 25/09/2008 às 15:14 #

    Oi Livia , não podemos negar que ficar sem falar sobre casório é uma coisa de loucoooo risos…. Adorei o post , realmente temos que pensar no relacionamento como um todo e não apenas no HOJE !!!! Obrigada pela visita e pode ficar super tranquila… risos Nós somos normais….
    bjs

  10. Carla 25/09/2008 às 16:30 #

    Oi Lívia!!! Obrigado pela visita.
    Vim retribuir e não pretendo mais sair daqui!!! AMEI SEU CANTINHO!!!
    O fase linda essa né. É tão gostoso ser chamada de noiva… ainda mais quando o casamento está chegando.
    É uma fase mágica, linda e especial. Por isso deve ser dividida com pessoas assim… doces como você!!
    Vou te adicionar ok?
    Mil beijos!!

  11. mariane 25/09/2008 às 18:09 #

    nossa amei esse post. O texto perfeito. É a mais pura verdade. É por isso que nao entendo o pq minha mae briga comigo quando estou com uma roupinha mais ou menos em pleno domingo. Pq eu tenho q trocar so pq o noivo vai almoçar la ?? Ahh eu acho q ele tem q saber o jeito q eu sou e nao ficar sempre impecavel .. pq ai depois do casamento ele nao assusta. Sabe como q eu fico com o cabelo bagunçado uma roupa mais velha … até com roupa pós faxina ele ja viu …. e a melhor coisa vou ouvir ele falar ” vc fica linda até quando ta com essa carinha de cansada depois de limpar a casa.”
    Ai .. bom d + ! Ele sempre solta uma desas quando eu to me sentindo a pessoa mais feia do mundo. É o amooooooooooor !

    Bj

  12. mariane 25/09/2008 às 18:09 #

    Ahh … agora sobre ficar sem falar do casamento .. sei nao viu ! eu nao consigo ! rsss

  13. lilian 25/09/2008 às 18:24 #

    Livia,

    a palha italiana é simplesmente DELICIOSA!!! amo de paixão!!!!

    Achei uma receita de macarons, tenho que testar..hummmmmmmmm será que vou conseguir fazer….. dpois posto no blog

    bjos

  14. Emerson 25/09/2008 às 19:45 #

    Bem interessante este post.
    Um dia, conversando com meu cunhado no carro, ele me disse algo interessante que eu quero pôr em pratica na minha vida.
    Ele me disse que ao longo da vida de casado, são mais os motivos para separar, do que permanecer junto (realmente não é um conto de fadas).
    O que fazer então? Cabe a nós, criarmos todo dia, motivos para permanecermos juntos. Isso tem sido um desafio pra mim…
    Tenho que “rebolar” pra isso. Preciso de criatividade, abrir mão de certas coisas, engolir alguns sapos, enfim, não é facil!!!
    Mas tem sido ótimo, cada dia, conhecer melhor a Livia, saber os meus limites e os dela, ou seja, até que ponto um ou o outro pode suportar as diferenças…
    Felizes para sempre??? Sempre achei isso muito vago….
    Acho que ficaria melhor assim:
    “Felizes, apesar de…”
    Bjo mor
    TE AMO!!!!!!!!!
    (postei viu!!! Agora para de me cobra….rsrsr)

  15. B 25/09/2008 às 22:41 #

    Concordo. Se o “defeito” te incomoda vc deve reclamar desde o início do namoro. Ou vc acha que a pessoa vai mudar num passe de mágica depois de casar?? Eu falo pro meu namorado: tá vendo como eu sou maluca né, não vale reclamar depois!!! rsrsrs
    Bjs

  16. Carol 26/09/2008 às 5:17 #

    Oi, querida! Obrigada pela visitinha!
    Vou te linkar, ok?
    Olha, não estou gostando muito de falar sobre esse assunto no momento, pois estou vivendo um conto de fadas… Quando ele acabar (vai acabar, né? fazer o que?) aí a gente entra em maiores detalhes… hehehe
    Beijos.

  17. Luciana 20/12/2008 às 13:10 #

    Orgulhosa de vc prima!!!

    Náo pelo site… mas por quem vc é… pela Mulher de verdade que vc se tornou!!!

    Náo vou nem falar nada sobre casamento, relacionamento, etc… Até porque faltaria espaço, já que o assunto é táo empolgante!!!

    Mas quero que vc saiba, prima… Que eu te admiro muitão… e com certeza o Emerson é abençoado por ter vc!!!

    Beijos… Saudades… Da prima que tá longe!!!

  18. Fernanda 31/05/2011 às 17:04 #

    Bem, no inicio do casamento nem tudo são flores pelo fato de sermos de familias que tem seus proprios costumes e maneiras de viver.Então vem as inumeras brigas e quase uma separação.Mas chegamos a conclusão que nos casamos porque nos amamos muito e resolvemos tentar aceitar as diferenças como uma brincadeira e fica uma coisa deliciosa até mesmo quando te deixa irritada, pois vc não vai querer brigar para deixar de passar um dia falando eu te amo e recebendo carinho de volta né.Assim tudo fica mais facil e o principal de tudo o dialogo.ter um tempo so pra conversar é muito produtivo para o relacionamento.Bjim…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: